Um espaço de Debate, Um formular de ideias
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 11, 12, 13  Seguinte
AutorMensagem
IzNoGuud
Admin
avatar

Número de Mensagens : 418
Localização : Algarve
Data de inscrição : 05/07/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Ter 19 Dez - 4:54

lol...

Então para quê é que Deus criou a Mulher?

Ahhhh peço imensa desculpa... esqueci-me que a mulher saiu de uma costela e que não pensa (faltam-lhe as terminações nervosas).

Devíamos era por Deus em tribunal por incompetência e pedir que ele reformulasse a criação e nos fizesse a todos Hermafroditas.

lol

Um abraço aos Homens, Mulheres e aos Seres Perfeitos sob a Criação (claro que falo dos Hermafroditas).

IzNo

_________________
Não ligues ao que os outros dizem. Escuta-os, analiza e reformula o teu próprio pensar.

Que seja essa a tua força.

Cogito Ergo Sum, I Tego Arcana Dei
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://politica-monarquica.naturalforum.net
Beladona

avatar

Número de Mensagens : 506
Localização : Algarve
Data de inscrição : 25/09/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Ter 19 Dez - 7:02

Caro JTMB

Devemos de estar em mundos diferentes,o amigo refere-se a uma coisa e eu a outra...pois falo em igualdade de sexos a nível social e não biológico...

Noto que ultimamente os caros amigos que são contra a IVG,têm estado num estado de tal maneira catatónico ou de confusão mental que deturpam tudo o que se diz contrário ao seu pensamento,ou opções...O que me faz pensar no desespero por que estarão a passar ao verem que as pessoas hoje têm uma visão e um ponto de vista um pouco diferente do que tinham a quando do último referendo sobre o aborto.

Um abraço da Beladona


Última edição por em Ter 19 Dez - 12:53, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
JTMB



Número de Mensagens : 111
Data de inscrição : 09/11/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Ter 19 Dez - 9:05

MATAR OU NÃO? É O QUE VAMOS REFERENDAR

Li aqui há tempos que a mãe da Joana foi presa por ter morto a filha.Parece que a principal razão dada pela mãe, foi a de que não tinha condições financeiras para criar a filha com o mínimo de dignidade.Quando analisamos as condições em que querem despenalizar o aborto vem-me logo à ideia que a única diferença entre um aborto até ás 10 semanas de gravidez (quem sabe 16 pelo novo diploma que nos querem esconder) e o que a desgraçada (no sentido de coitada) da mãe da Joana fez, é que no segundo caso já tínhamos visto a cara da Joana. O não conhecermos ainda a criança torna mais fácil tomar esta decisão de matar... afinal, como diz o povo "Longe da vista longe do coração!".
Deixemo-nos de hipocrisias e convençamo-nos de que o aborto é MATAR CRIANÇAS INOCENTES!
O que é permitido a uma mulher, é poder não engravidar numa relação sexual. Mas agora dar-lhe, por opção unicamente sua, a hipótese de assassinar uma criança inocente sem se ouvir sequer o pai, é uma coisa inacreditável!Às dez semanas o coração bate, já se vislumbram quase todas as formas do corpo... dizer que este ser não é auto-suficiente como desculpa para o aborto? Que necessita da mãe para sobreviver? E então um bebé recém-nascido ou com um, dois três ou quatro anos? Não é ele também dependente da mãe?Deixemo-nos de ilusões! Há mães sem filhos, desejosas que Deus lhes conceda esse milagre que é a Vida! Muitas delas desejosas de adoptar um filho de outros. Existem soluções para quem não pode criar os seus filhos. Há que arranjar soluções que não a morte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beladona

avatar

Número de Mensagens : 506
Localização : Algarve
Data de inscrição : 25/09/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Ter 19 Dez - 12:27

Caro JTMB

Está no seu direio de achar o que bem achar àcerca da IVG.

Não estou a ser hipócrita quando sou a favor da IVG,o mesmo não posso dizer de certas oposições à mesma com alegações que não lembram a ninguém...

E meu caro,quando diz que o companheiro não é tido nem achado,tudo parte do grau sentimental que exista no casal,pois se houver algum apoio mútuo,claro que as coisas serão resolvidas entre os dois.

Caro amigo,aonde há comparação entre embriões/fetos e crianças já nascidas?As crianças apesar de dependentes como é lógico,são autónomas,os outros não.

E mais uma vez,há imensas crianças para adopção,o problema é que nem todas são brancas,saudáveis,louras e de olhos azuis.

De facto,como o caro Rider diz no seu post mais atrás:"Primeiro existe uma enorme preocupação e sencibilidade com uma possível criança;depois a sua total ausência com as que cá existem,e com os seus pais.Humanismo curioso".

Dá que pensar não é meu caro?...

Um bem haja

Beladona
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RosaLati
Convidado



MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Ter 19 Dez - 12:37

Gostei deveras da intervenção do Rider, assim, como aliás, gosto de todas as suas intervenções. Revelo um português dos dias de hoje, um português diferente que evoluiu do estado do português clássico. Não me revejo nas considerações do Encoberto, quanto ao sexo masculino , aproveitar-se do feminino e por aí a diante. Digamos que a figura da mulher frágil, com mãos de fada eo homem protector, são conceitos demasiado primários e só os pratica, quem quer. Machismo? nunca existiu. Existiu e ainda existe é comodismo de certos homens, para mulheres que ainda aceitam tal protótipo.
Bem Hajam
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rider

avatar

Número de Mensagens : 67
Data de inscrição : 29/08/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Ter 19 Dez - 13:56

Caras Beladona e RosaLatina,

Obrigado pelo elogio.
Por vezes, sinto que se prega no deserto.

Bem hajam.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RosaLati
Convidado



MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Ter 19 Dez - 14:08

LOL, pior que "pregar no deserto", é não se pregar o que sente e naquilo em que se acredita, pois só assim poderemos ser fieis a nós próprios.
Bem Haja
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rider

avatar

Número de Mensagens : 67
Data de inscrição : 29/08/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Ter 19 Dez - 14:12

Tem toda a razão, apesar da inércia quase constante, em muitos assuntos, é assim que se deve pensar.

Bem Haja.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Longair

avatar

Número de Mensagens : 402
Data de inscrição : 29/08/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Ter 19 Dez - 17:38

mas todas as ideias inovadoras fizeram sempre uma grande travesia no deserto, na realidade ou no sentido figurativo, até as boas ideias que deram em más o fizeram Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
IzNoGuud
Admin
avatar

Número de Mensagens : 418
Localização : Algarve
Data de inscrição : 05/07/2006

MensagemAssunto: O Porquê de um "SIM" à despenalização do Aborto   Qua 20 Dez - 3:41

Muita tinta tem corrido sobre este assunto.
Tendo-se chegado a um impasse quanto a alguns pontos em concreto, os quais sinceramente recaem no fundo no foro das convicções pessoais quanto aos mesmos.
Note-se de que não falo de motivos religiosos, os quais em nada devem/deveriam influenciar a nossa tomada de posição.

A título de exemplo quanto a este caso, quando um óvulo fecundado passa a ser um ser humano, na total assumpção do termo.
Para uns será no momento da fecundação, noutros aquando do nascimento e para outros ao fim de X semanas de Gestação.

Logo, aqui estamos num beco sem saída.

O que nos remete para o outro ponto da questão, um no qual possamos trabalhar, ou seja... a mulher.

Analisemos a questão pelos seus diversos prismas.

- Podemos forçar uma mulher a passar por uma situação que a mesma não aceite ou concorde? Temos ou deveremos ter esse poder?

- Deverá uma mulher poder abortar a seu belo prazer transformando assim o que se desejaria ser o menos usado possível em apenas mais um método contraceptivo?

- A quem se podem atribuir as culpas da existência de número considerável de abortos a acontecer anualmente? E recorde-se que os números reflectem apenas os legais e contabilizados e que estes apenas levantam a suspeita sobre os reais números.

- E por fim e após se responder de forma sincera a estas perguntas, lanço uma última questão.
Deve a mulher que pratica o aborto ser criminalizada?

As minhas respostas às minhas próprias perguntas são as seguintes:

- Não. Nenhum ser humano deveria ter o direito de forçar/sujeitar outro à sua vontade.
Os contra o aborto logo se insurgirão em defesa dos direitos do óvulo/feto, o qual pretendem equivaler a um ser humano.
Não entrarei por esse campo, que não leva a nenhuma conclusão, mas posso afirmar que a mulher em causa é um ser humano totalmente desenvolvido, como todos devem estar de acordo, e que está a ser forçada/sujeitada a uma situação com a qual não concorda.

Note-se que as regras de uma Sociedade Democrática, somente limitam direitos ou escolhas aos seus constituintes quando os mesmos interferem com os direitos/liberdades de outros seus constituintes.

- Claro que não. Deve haver uma sensibilização/responsabilização na forma como as pessoas são educadas de modo a que estas percebam a importância/gravidade da situação. Afinal, estamos a falar de possíveis Seres Humanos e desde logo procurar por políticas que ajudem a evitar o aborto, dando-se assim relevo a outras possibilidades e remetendo o aborto para a última hipótese de escolha. Mas sempre uma hipótese de escolha.

- Ao casal que efectua a fecundação por não terem procurado informar-se (falo logicamente de casos ditos normais), aos Pais que não facultam a mesma informação aos seus filhos(as) por muitas vezes considerarem o tema "sexo" como tabu (e eu conheço casos estrondosos, como o de um rapaz que aos 21 anos não fazia a mínima ideia do que era uma menstruação e note-se que haviam 2 mulheres em casa do mesmo), à Sociedade a qual ainda ostraciza as mulheres que engravidam solteiras entre outras situações, o Governo o qual não promove políticas que ajudem as mulheres/casais a terem mais filhos, sejam estas económicas ou sociais, que não usa o sistema educativo para suprir as lacunas quanto à informação necessária (embora eu tenha de reconhecer que este campo esteja em franca diminuição e ainda bem), etc..

- Após as minhas respostas as quais por certo parecerão contraditórias, ajudam-me no entanto a chegar à conclusão de que não. Efectivamente a mulher não merece ser criminalizada por recorrer ao aborto, quando todos os demais envolvidos directa ou indirectamente também não o são.

Um abraço a todos,

IzNo

_________________
Não ligues ao que os outros dizem. Escuta-os, analiza e reformula o teu próprio pensar.

Que seja essa a tua força.

Cogito Ergo Sum, I Tego Arcana Dei
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://politica-monarquica.naturalforum.net
JTMB



Número de Mensagens : 111
Data de inscrição : 09/11/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Qua 20 Dez - 5:37

"Não. Nenhum ser humano deveria ter o direito de forçar/sujeitar outro à sua vontade."

Ora bem e vai dai e ASSASSINA-SE um ser vivo. BRAVO
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beladona

avatar

Número de Mensagens : 506
Localização : Algarve
Data de inscrição : 25/09/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Qua 20 Dez - 10:24

Caro Rider

Um ser com Humanidade não tem nada a agradecer,pois só engrandece onde aparece a espalhar o seu pensamento...

E pode estar certo,que pode não parecer,mas o que o amigo diz,fica e dá sempre que pensar,em especial para todos os que estão na mesma linha de pensamento.

Um bem haja por ser assim

Beladona
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beladona

avatar

Número de Mensagens : 506
Localização : Algarve
Data de inscrição : 25/09/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Qua 20 Dez - 10:33

Caro JTMB

Caro amigo,fugindo aos motivos religiosos e também ao conceito do embrião/feto ser ou não considerado,pois aqui há variantes de opinião,resumindo-nos somente às questões base que o IzNo faz inteligentemente no seu post,quais seriam as suas respostas às diversas perguntas feitas?Pois pelo que vejo só respondeu à primeira.Desculpe a minha insistência no assunto.

Um bem haja pela sua paciência para com a minha curiosidade

Beladona
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beladona

avatar

Número de Mensagens : 506
Localização : Algarve
Data de inscrição : 25/09/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Qua 20 Dez - 12:16

Caro IzNoGuud

Passando a responder às suas perguntas:

1ª-Só a mulher é dona do seu corpo assim como qualquer outra pessoa.E por isso mesmo,só ela pode pôr e dispôr do mesmo.Mas,no caso de uma fecundação,como esta tem sempre dois autores,havendo um assumir do facto por ambas as partes,estas terão de chegar a acordo,mas a mulher terá sempre a última palavra.

2ª-Uma mulher normal nunca aborta de ânimo leve,pois há sofrimento psíquico e físico e não só para casos que saiam dos parâmetros normais,essas mulheres deveriam de ter um acompanhamento médico e psicológico.

3ª-As culpas básicas,no meu entender,e se não me esqueci de nenhuma,são atribuidas à economia do país,à sociedade e à ignorância.

-À Economia do País-porque o Estado deveria de incentivar um melhor e mais seguro esquema profissional e de apoio à mulher/mãe/casal,havendo trabalho seguro,há mais dinheiro e há mais possibilidades de se formarem mais famílias,com mais filhos,podendo as mães acompanhar os primeiros 2/3 anos das suas crianças em casa com um vencimento base,fixo e certo,não perdendo os seus postos de trabalho nem os seus direitos profissionais...

-À Sociedade-que como já disse no ponto anterior não apoia ou apoia mal,a mulher no seu percurso fértil e profissional e que é a primeira a criminalizá-la quando.por motivos óbvios,esta fora de si,sabe-se lá porque desgraças/misérias,passa às práticas criminalizantes de abortos,abandonos,e morte do que deveria de ser uma alegria para a mulher/casal e para a sociedade e que é uma criança.

-À Ignorância-e acrescentarei crendice religiosa-pois ainda se vê hoje jovens e mulheres que pelo seu percurso de vida não tiveram acesso,por motivos vários,aos diversos meios contraceptivos(é bom não esquecer que a Igreja é contra qualquer tpo de contracepção,incluindo o preservativo e também por isso temos a agradecer à mesma a proliferação da Sida pela via sexual)e estudo de sexologia,este deveria de começar nas escolas básicas,pois nem todos os pais têm à vontade e bases para educarem os seus filhos.

4ª-NUNCA,pelos motivos que me lembrei e que já apontei,pois até podem haver mais.

Se se tiver de culpar alguém,será aos Governos e à Sociedade que não olham pelo seu povo em especial os mais carenciados.

Um bem haja a todos

Beladona
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rider

avatar

Número de Mensagens : 67
Data de inscrição : 29/08/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Qua 20 Dez - 12:24

Cara Beladona,

Vejo-me forçado, novamente, a agradecer as palavras, e também ao facto de nos dar a conhecer o seu pensamento e as suas opiniões, que são de um grande Humanismo e muito salutares para os espaços de debate.

Um Bem Haja para si também.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beladona

avatar

Número de Mensagens : 506
Localização : Algarve
Data de inscrição : 25/09/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Qua 20 Dez - 12:31

Caro amigo Rider,não tinha de o fazer como já disse,no que me toca,o meu mais humilde e sincero obrigada.
Bem haja Beladona
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
encoberto

avatar

Número de Mensagens : 34
Idade : 54
Localização : Vila Real
Data de inscrição : 31/10/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Qua 20 Dez - 12:54

Bella Donna escreveu:
-À Ignorância-e acrescentarei crendice religiosa-pois ainda se vê hoje jovens e mulheres que pelo seu percurso de vida não tiveram acesso,por motivos vários,aos diversos meios contraceptivos(é bom não esquecer que a Igreja é contra qualquer tpo de contracepção,incluindo o preservativo e também por isso temos a agradecer à mesma a proliferação da Sida pela via sexual)e estudo de sexologia,este deveria de começar nas escolas básicas,pois nem todos os pais têm à vontade e bases para educarem os seus filhos.


Cara Bella Donna

Às vezes não temos tempo para responder a tudo o que por aqui se diz, mas algumas coisas são tão gritantes que não resistimos. Duas delas estão contidas neste parágrafo de Bella Donna que não tem culpa nenhuma de as repetir, pois isso é mesmo culpa dos inimigos da Igreja, que lançam sempre a rede para apanhar sempre algum mais incauto nas suas tretas.

Passo a explicar: a Igreja não é contra os contraceptivos, não é, é a favor que se usem de molde a que a mulher seja um objecto sexual. Para quem vai à missa sabe isso, para quem não vai, deve ter ouvido, pelo menos, o Padre Vaz Pinto dizer que o uso do preservativo facilita demasiado as relações sexuais que leva a que haja relações sexuais sem antes haver um relacionamento amoroso. Quem vive a noite das nossas cidades sabe muito bem ao que me refiro: a facilidade em arranjar com quem passar a noite, e na seguinte, com companhia diferente. A Igreja, como instituição bem antiga, sabem muito bem a fraqueza dos seres humanos. Parece-me que não poderá ser condenada por desejar um papel social para a mulher bem mais elevado do que o actual.

Sobre as culpas da Igreja sobre a propagação da Sida, a verdade não é divulgada, pois se fosse a Igreja seria enaltecida e, isso, seria uma atitude medieval, então prefere-se manter a ignorância sobre o assunto. No último ano, só dois países no mundo, conseguiram travar o crescimento da “doença”. Foram o Uganda e a Tailândia, e em ambos, não foi com o uso de preservativos, mas com a moralização da sociedade onde se sugeriu a preservação dos companheiros sexuais.

Cara Bella Donna, a Igreja não é o que parece, eu mesmo enganei-me até aos 30 anos. Daí para cá têm si só surpresas.


Aceite um abraço,

Joaquim Filipe
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://amt.no.sapo.pt
Longair

avatar

Número de Mensagens : 402
Data de inscrição : 29/08/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Qua 20 Dez - 13:05

la voltamos ao mesmo assassinio de alguém que ainda nada é não tem identidade etc claro que temos que antes de acontecer pensar e proteger mas em alturas de loucura isso não aconteçe mas cabe ao casal decidir pois o tal ser esta dentro de outro ser com mais direitos pois existe e tem cerebro, assassino é quem condena uma mulher que tomou essa opção, abortar, e da somente 10 anos a um assassino das estradas quando este atropela pessoas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
RosaLati
Convidado



MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Qua 20 Dez - 14:26

Cara, Beladona, excelente exposição. Estou de pleno acordo.

Bem Haja
Voltar ao Topo Ir em baixo
IzNoGuud
Admin
avatar

Número de Mensagens : 418
Localização : Algarve
Data de inscrição : 05/07/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Qui 21 Dez - 7:39

encoberto escreveu:
...a Igreja não é contra os contraceptivos, não é, é a favor que se usem de molde a que a mulher seja um objecto sexual.

LOL... Eu pensava que cabia a cada um o deixar-se ou não que se fosse um objecto sexual, seja-se homem ou mulher Smile

encoberto escreveu:
Para quem vai à missa sabe isso, para quem não vai, deve ter ouvido, pelo menos, o Padre Vaz Pinto dizer que o uso do preservativo facilita demasiado as relações sexuais que leva a que haja relações sexuais sem antes haver um relacionamento amoroso. Quem vive a noite das nossas cidades sabe muito bem ao que me refiro: a facilidade em arranjar com quem passar a noite, e na seguinte, com companhia diferente. A Igreja, como instituição bem antiga, sabem muito bem a fraqueza dos seres humanos. Parece-me que não poderá ser condenada por desejar um papel social para a mulher bem mais elevado do que o actual.

LOL... Acho que cabe à mulher o papel desta optar ou não por um papel social bem mais elevado, como fala, fazendo por isso.
Em todo o caso, o que se passa nas nossas noites, é somente o resultado do condicionamento actual das mentes mais jovens.
Não o vejo como algo mau, desde que estas saibam o que estão a fazer e os riscos em que incorrem.
Agora SE há culpa de alguma coisa, essa mesma será a de não se ter educado ou preparado os mesmos jovens para o que iriam ou poderiam encontrar, não acha?

encoberto escreveu:
Sobre as culpas da Igreja sobre a propagação da Sida, a verdade não é divulgada, pois se fosse a Igreja seria enaltecida e, isso, seria uma atitude medieval, então prefere-se manter a ignorância sobre o assunto.
No último ano, só dois países no mundo, conseguiram travar o crescimento da “doença”. Foram o Uganda e a Tailândia, e em ambos, não foi com o uso de preservativos, mas com a moralização da sociedade onde se sugeriu a preservação dos companheiros sexuais.

Nunca vi a Igreja a assumir que se deveriam aliar os 2 conceitos de que fala.
Tanto da Moralização como o da prevenção. Aí sim, estaria o papel da Igreja a ser importante, agora quando se vê a mesma a afirmar que o uso do preservativo é contranatura, por presumir o impedimento da concepção e que para se evitar a transmissão das doenças sexualmente transmissiveis se deverá pura e simplesmente de cessar com qualquer contacto sexual.
Isto a meu ver é apenas atirar areia para os olhos Wink

Por acaso, pensava que em Cuba também se tinha parado com o aumento da Sida. Pelo menos isso aconteceu até há uns anos atrás e olhe, que quando aconteceu não foi devido a qualquer moralização Wink

Um abraço,

IzNo

_________________
Não ligues ao que os outros dizem. Escuta-os, analiza e reformula o teu próprio pensar.

Que seja essa a tua força.

Cogito Ergo Sum, I Tego Arcana Dei
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://politica-monarquica.naturalforum.net
Beladona

avatar

Número de Mensagens : 506
Localização : Algarve
Data de inscrição : 25/09/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Sex 22 Dez - 8:45

Caro encoberto

Efectivamente,o caro amigo já nem o meu nick consegue copiar,é devastadora a sua insegurança,até se troca todo ao focar o meu ponto àcerca da "Ignorância"e do que a Igreja acha ou deixa de achar sobre contracepção,e sobre a "defesa moral da mulher" que eu acho um "must".

Caro amigo,fui aluna do sr.padre Vaz Pinto e olhe só o resultado,sou uma desalmada de uma ateia,até agora cada vêz mais convicta,talvez porque ainda não tenha atingido a idade da razão,ou então a tenha ultrapassado em demasia...pois ele coitado,nunca me conseguiu levar para o seu redil,visto as ideias dele nunca me terem seduzido lá muito,mas enfim,são opiniões e cérebro de avesinha,como diria o amigo provavelmente.

Caro amigo,nunca vi uma pessoa como o amigo tão rápido em tirar cérebro ou inteligência às pessoas em especial às mulheres,desculpe a minha curiosidade e franquesa,não será um pouco de complexo ou mania de perseguição?

E,meu caro,a Igreja como instituição que é e os seus representantes deviam sim de dar o exemplo,aonde é que ele está?

Faço ideia as surpresas que a idade também nos trás,a começar por mim,é claro...

Um Muito Feliz Natal para si e os seus e que o Novo Ano lhe traga tudo de bom

Um abraço da Beladona
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beladona

avatar

Número de Mensagens : 506
Localização : Algarve
Data de inscrição : 25/09/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Sex 22 Dez - 11:30

Médico desligou o ventilador que há nove anos ligava Welby à vida

Foram 88 dias de luta pelo direito a morrer.Pelo direito de pôr fim ao sofrimento de ser refém de um corpo que uma distrofia muscular progressiva aprisionou a uma cama,já lá iam mais de nove anos.A luta do italiano Piergiorgio Welby,de 60 anos,terminou na noite de quarta-feira,quando um médico anestesista do hospital de Crémone,em Roma,desligou o ventilador que o ligava à vida.

O acto do clínico pôs fim ao combate e ao sofrimento de Welby,mas não à polémica sobre a eutanásia que voltara a agitar a Itália desde o dia em que Piergiorgio pediu para morrer.A classe política está agora mais dividida,o país também.

"Acedi à sua vontade de morrer",reconheceu ontem o médico Mario Ricio,numa conferência de imprensa organizada pelo Partido Radical (membro da coligação de esquerda no poder),que desde o início apoiou o combate de Welby.O clínico-que já foi ouvido pela polícia,bem como dirigentes do Partido Radical-admitiu que desligou o ventilador e que administrou sedativos ao doente."Eu não vi algum obstáculo...considerando que o direito reclamado por Piergiorgio é reconhecido e largamente praticado em Itália",argumentou Mario Riccio.Quer o clínico,quer os advogados de Welby alegam que a decisão se baseou no direito que um doente tem de recusar um tratamento,reconhecido pela Constituição,e rejeitam a tese de eutanásia,punida em Itália com pena de prisão que pode ir até aos 15 anos.

Um dos advogados de Piergiorgio disse mesmo que o nome de Welby "ficará para a história" pois permitiu fazer a "distinção entre recusa de cuidados médicos e eutanásia".Mas a tese não é consensual.

Direita exige prisão

Para o deputado de centro-direita Luca Volante o que está em causa é precisamente eutanásia.O parlamentar pediu "a prisão dos culpados deste homicidio",acusando o clínico de ter praticado "um acto violento,escandaloso e instrumentalizado pelo Partido Radical".

Foi a 21 de Setembro último que Welby enviou uma carta aberta ao presidente da República a pedir que lhe fosse concedido o direito de morrer.Em jovem fora-lhe diagnosticada uma distrofia muscular,que o mantinha prostrado numa cama desde 1997 e dependente de um ventilador.Pouco depois,seguia um recurso para um tribunal civil de Roma.Mas a juiza rejeitou o pedido,alegando existir um "vazio jurídico"sobre a questão.E atirou a "bola" para os políticos,que esgrimiram argumentos.A ministra e dirigente do Partido Radical,Emma Bonino,fez greve de fome.Fizeram-se vigilias.A Igreja Católica opôs-se.

Foram 88 dias de luta.Um combate a que Mario Riccio pôs fim.Fazendo a vontade a Welby.

in DN de 22-12-2006
da jornalista Inês David Bastos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Beladona

avatar

Número de Mensagens : 506
Localização : Algarve
Data de inscrição : 25/09/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Sex 22 Dez - 11:50

em continuação da notícia do mesmo jornal e mesma autoria:

O médico é quem decide em Portugal

O princípio básico do ordenamento jurídico português é que ninguém é curado,ou submetido a tratamentos médico-cirúrgicos,contra a sua vontade.É esta a regra,segundo o artigo 156 do Código Penal (CP),mas na prática acaba por ser o médico a decidir,respeitando ou não a opinião do paciente.Dois exemplos.Uma testemunha de Jeová não quer receber uma transfusão de sangue,o que vai contra a sua religião,ou alguém em estado terminal não quer ser reanimado se tiver um ataque cardíaco,mas o médico decide fazer a transfusão ou a reanimação.Será este comportamento punível?A resposta depende das interpretações jurídicas.O médico não será punido pelo crime contra a integridade física,porque agiu no sentido de salvar o doente,mas pode ser punido pelo crime contra a liberdade.No entanto,ele actuou no sentido de afastar um perigo para a integridade física,ou seja,actuou numa "necessidade desculpante",artigo nº35 do CP.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Longair

avatar

Número de Mensagens : 402
Data de inscrição : 29/08/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Sex 22 Dez - 13:05

concordo tanto com a eutanásia como com o aborto quanto á democracia considero ainda uma utopia há algo parecido mas não o correcto
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Rider

avatar

Número de Mensagens : 67
Data de inscrição : 29/08/2006

MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   Sex 22 Dez - 13:20

Concordo consigo, caro Longair.

A democracia está mais no papel, do que na mentalidade das pessoas, e é isso que faz a diferença entre um país verdadeiramente democrático, e um que o é, mas de forma imperfeita.

Bem hajam.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Eutanásia/Aborto-Sim ou Não?
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 13Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 11, 12, 13  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Irmão Lourival, fiquei muito curioso em saber sua opinião: quem conhece e pratica o Evangelho de Cristo pode ser a favor do aborto, assim como 76% da IURD?
» Aborto e Canibalismo, tudo a ver. Então entendi... Aborto, fim da Fome, dinheiro no bolso, etc... e o Diabo ganhando espaço.
» O empresário e pró-abortista Bispo Edir Macedo estaria comprando um Hospital. Será que é para fazer Aborto?
» Mulher gera bebê fora do útero e criança sobrevive Embora a gestação tenha colocado mãe e filha em risco de morte, a grávida se recusou a fazer um aborto

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Porque a Monarquia também é Política :: Visões Políticas :: Nada de Politiquices-
Ir para: